Como usar o Diagrama de Ishikawa para resolução de problemas em T&D?

Diagrama de Ishikawa
Diagrama de Ishikawa
Diagrama de Ishikawa

Como usar o Diagrama de Ishikawa para resolução de problemas em T&D (treinamento e desenvolvimento)? O profissional de Treinamento e Desenvolvimento sabe que não é fácil criar ações que realmente impactem positivamente na performance e na evolução dos conhecimentos dos colaboradores.

É preciso entender suas necessidades reais, planejar, implementar ações eficazes e medir os resultados.

A verdade é que, no processo, é necessário enfrentar desafios diários. Alguns deles incluem: a falta de tempo, de recursos e de motivação por parte de algumas pessoas do time. Mas não é preciso se assustar! Existem ferramentas que podem te ajudar nessa jornada para alcançar resultados surpreendentes.

Uma delas é o Diagrama de Ishikawa, uma técnica visual que permite identificar as causas raízes dos problemas e a tomar ações corretivas eficazes.

Acompanhe este artigo e saiba como utilizar o diagrama para turbinar seus projetos de T&D!

O que é o Diagrama de Ishikawa?

O Diagrama de Ishikawa, também conhecido como Diagrama de Espinha de Peixe ou Diagrama de Causa e Efeito, é uma ferramenta visual criada por Kaoru Ishikawa no final dos anos 1950.

Sua ideia era ajudar a mapear as causas raízes de problemas ou não-conformidades em um processo. Hoje, a aplicação desse método é ampla. Ele pode ser usado em diversas áreas de negócio e, até mesmo, na vida pessoal de diversos profissionais.

Como surgiu o Diagrama de Ishikawa?

A origem do Diagrama de Ishikawa se deu quando Ishikawa, engenheiro de qualidade, percebeu que as equipes de produção de sua empresa estavam tendo dificuldade para entender o que gerava os problemas que surgiam e, assim, tomar ações corretivas eficazes.

Ele, então, desenvolveu a ferramenta para ajudar a equipe a pensar de forma sistêmica. Com seu amparo, tornou-se possível olhar para todos os aspectos do processo, e não apenas para partes isoladas.

Como funciona o Diagrama de Ishikawa?


O funcionamento do Diagrama de Causa e Efeito é bastante simples. Ele é composto por uma estrutura em forma de espinha de peixe. Nele, o problema ou não-conformidade é colocado no cabeçalho.

Em seguida, as potenciais causas para o obstáculo em questão são divididas em categorias, como:

  • pessoas;

  • ferramentas (ou a falta delas);

  • métodos;

  • ambiente;

  • e recursos.

Posteriormente, essas causas são então desmembradas em subcategorias.

Portanto, fica mais fácil conhecer profundamente as razões por trás delas com precisão e tomar as devidas medidas para superá-las.

Uma vez que o Diagrama de Espinha de Peixe ajuda a identificar as raízes dos problemas, as empresas investem nele para direcionar com maior sucesso as ações corretivas de problemas que, muitas vezes, ainda nem tomaram forma por completo.

Isso ajuda a economizar recursos e melhorar a produtividade geral do negócio.

Além disso, o método tem se mostrado útil para a inovação, pois permite perceber novas oportunidades de melhoria operacionais. Na área de T&D, isso é extremamente importante. Por isso, é útil utilizar a metodologia para expandir resultados.

>> 💡Aproveite para ler: Como a ferramenta GTD pode te ajudar a melhorar os resultados dos treinamentos?

Os passos para usar o Diagrama de Ishikawa para resolução de problemas em T&D

Na área de Treinamento e Desenvolvimento, o Diagrama de Ishikawa pode ser usado para identificar as causas dos problemas relacionados ao desenvolvimento de habilidades e conhecimentos dos colaboradores, certo?

Então, sua implementação deve ser feita, primeiramente, entendendo quais questões devem ser trabalhadas e, em seguida, criando planos de ação focados em soluções.

Por exemplo, se uma equipe não está atingindo as metas de desempenho esperadas, o Diagrama de Causa e Efeito pode ser usado para mapear causas como:

  • baixo engajamento/participação em treinamentos;

  • retenção reduzida de conhecimento;

  • baixo desempenho;

  • ou falta de motivação.

A seguir, caberá ao time de educação corporativa se reunir com as lideranças para buscar por formas de amenizar esses problemas. Por fim, será o momento de implementar treinamentos e atitudes focados na parte prática.

 


3 benefícios do Diagrama de Ishikawa para resolução de problemas na educação corporativa

Além da identificação das causas raízes dos problemas de T&D, existem diversos benefícios para o uso do Diagrama de Ishikawa. Confira algumas dessas vantagens a seguir!

Comprovação do investimento e ROI de ações de T&D

O uso do diagrama permite medir e comprovar o retorno sobre o investimento em treinamento corporativo, o que é importante para o RH — e para a área de educação corporativa, de modo geral.

Conforme dito, quando aplicado da forma certa, o Diagrama de Ishikawa pode ajudar a identificar os principais desafios relacionados ao aprendizado e melhoria dos saberes dos colaboradores. Consequentemente, fica mais simples tomar medidas para resolvê-los.

No final da ponta do processo (a parte prática), isso permite melhorar a eficácia dos treinamentos e desenvolvimento. Afinal, gera-se uma melhoria na performance coletiva e individual das equipes, justificando o investimento em T&D.

Além disso, o uso do Diagrama de Causa e Efeito permite uma avaliação quantitativa dos resultados, o que facilita a comprovação do ROI.

Envolvimento multidisciplinar

O Diagrama de Espinha de Peixe é uma ferramenta colaborativa, que envolve uma mentalidade multidisciplinar. Dessa maneira, pode aumentar o engajamento e o comprometimento dos colaboradores com os projetos sugeridos pelos profissionais de T&D.

Facilidade de implementação

A ferramenta é extremamente fácil de implementar. Como ela pode ser usada por qualquer pessoa, sem necessidade de conhecimentos avançados, até mesmo profissionais iniciantes podem aproveitar seus benefícios para criar treinamentos que realmente engajem os times.

Conte com a Evolluo

O Diagrama de Ishikawa é amplamente utilizado e recomendado para melhoria contínua, inovação e resolução de problemas. Como essas são necessidades constantes para qualquer profissional de T&D, vale a pena conhecê-lo e usá-lo.

Em resumo, o Diagrama de Espinha de Peixe é uma ferramenta valiosa para identificar as causas raízes de problemas e desenvolver ações eficazes para resolvê-los.

Com a sua aplicação, é possível alcançar melhorias significativas na performance e desenvolvimento dos colaboradores. Conforme mostrado ao longo do artigo, a implementação desse método pode ser facilmente realizada por profissionais de T&D e ajuda a obter resultados surpreendentes na empresa.

É importante ter em mente que, além do Diagrama de Ishikawa, existem outras ferramentas e metodologias que podem ser utilizadas para turbinar seus projetos de T&D. Já imaginou ter apoio para usar todas elas em suas ações?

A Evolluo é uma plataforma de ensino inteligente, que ajuda na democratização do e-learning corporativo, aumentando a performance das equipes e do negócio. Ela permite personalizar a rotina de estudos, participar de desafios, além de desenvolver novas habilidades todos os dias.

Não deixe de conhecer e experimentar a Evolluo para aumentar o desempenho de sua equipe! Clique aqui e saiba mais.


Feito pela evolluo CNPJ: 13.264.9804/0001-40 | Copyright © 2024 evolluo - Todos os direitos reservados

Feito pela evolluo CNPJ: 13.264.9804/0001-40 | Copyright © 2024 evolluo - Todos os direitos reservados

Feito pela evolluo CNPJ: 13.264.9804/0001-40 | Copyright © 2024 evolluo - Todos os direitos reservados