Como criar roteiros incríveis para treinamentos online usando o ChatGPT?

Todos nós sabemos que o vídeo é um meio excelente para os treinamentos na empresa. Mas se você não souber transmitir o que deseja dizer com confiança e talento (seja você mesmo ou por meio de personagens animados) e não tiver um roteiro inteligente que o ajudará a fisgar a atenção do seu público, o resultado não será tão interessante. Você já experimentou criar roteiros para treinamentos online usando o ChatGPT?

Provavelmente já sabe que o ChatGPT pode ajudá-lo a criar conteúdo EAD de maneira mais rápida e eficaz do que você faria sozinho. Se escrever não é o seu forte então, o ChatGPT pode ajudar. Usando os prompts certos, você pode orientar o próprio ChatGPT a criar um roteiro de vídeo bem envolvente.

 

5 dicas rápidas para preparar roteiro para treinamentos online com o ChatGPT

 


Há algumas coisas que você deve ter em mente antes de escrever o script do seu tutorial em vídeo, independentemente do ChatGPT. Essas dicas ajudarão você a criar um vídeo com alto valor educacional que seus alunos gostarão de assistir!

1. Alinhe seu roteiro com um objetivo de aprendizagem específico

Cada parte do conteúdo que entra em seu curso online deve atender aos objetivos de aprendizado do curso. Caso contrário, está apenas pesando as mentes de seus alunos com mais informações do que podem processar. Sendo assim, cada parte do conteúdo deve estar vinculada a um objetivo de aprendizado específico e não abordar vários tópicos ao mesmo tempo.

Saltar de um tópico para outro no mesmo vídeo criará confusão, pois os alunos terão dificuldade para desvendar a bagunça e juntar tudo. Portanto, certifique-se de manter seu vídeo focado em apenas um objetivo de aprendizado por vez para ajudar os alunos a entender e assimilar melhor as informações antes de passarem para o próximo vídeo.

2. Crie um esboço

Um esboço do curso ajuda você a organizar e manter seu curso em ordem . Isso ajuda você a descobrir qual parte do conteúdo deve ir primeiro, o que deve seguir, onde as avaliações precisam ser colocadas e assim por diante.  O mesmo vale para o seu vídeo.

Crie um esboço com todas as informações que deseja incluir, na sequência em que deseja apresentá-las. Isso tornará seu vídeo muito mais fácil de seguir para os alunos e muito mais fácil para você criar em primeiro lugar.

3. Mantenha seu vídeo curto

Para um melhor envolvimento e retenção de conhecimento, é recomendável que cada aula tenha em média de 5 a 10 minutos . Essa duração é ideal para manter a atenção dos alunos e oferecer apenas informações essenciais sem se desviar do tópico. Vídeos mais curtos também são muito mais fáceis de digerir, pois os alunos são muito mais capazes de reter as informações se forem breves, pois não ficam sobrecarregados. Se o assunto for complicado e você precisar de mais tempo para repassar tudo, divida-o em vídeos menores.

4. Humor, Interação e Storytelling

Mesmo os tópicos mais sérios precisam ser “iluminados” um pouco com algum humor ou pelo menos uma breve história ou exemplo da vida real. Outra maneira de tornar seu vídeo mais envolvente é adicionar um elemento interativo, como um questionário pop-up ou um botão que redireciona os alunos para outro conteúdo depois que eles terminam de assistir ao vídeo.

5. Adicione um resumo

Certifique-se de resumir os pontos-chave no final de cada vídeo. Essa é uma boa maneira de ativar a recuperação da memória e aumentar a retenção do conhecimento , especialmente se você seguir com um breve questionário. A reiteração também torna o vídeo mais coloquial e melhora o fluxo do curso, pois vincula um vídeo ao seguinte.

 

Como escrever um roteiro de videoaula com ajuda do ChatGPT?

 

Criar um script de vídeo com o ChatGPT é muito semelhante a trabalhar com um ser humano. Esta brilhante ferramenta de IA foi treinada para conduzir conversas (quase) como humanos, o que significa que você simplesmente pede para fazer uma coisa, e ela faz exatamente o que você pediu, desde que você tenha sido claro o suficiente .

O ChatGPT recupera o que você perguntou anteriormente, para que você possa fazer solicitações de acompanhamento ou solicitar modificações sem reiniciar a conversa.

Se você estiver trabalhando em mais de um projeto ao mesmo tempo ou se tiver dúvidas por conta própria, basta iniciar um bate-papo separado.

Vamos ver como você pode criar prompts eficientes para fazer o trabalho:

1.Contexto e escopo

Antes de mais nada, forneça ao ChatGPT algum contexto. Parte da “equação de contexto” é a função do trabalho (criador do curso, designer instrucional, criador do vídeo), o projeto no qual você está trabalhando, a meta de aprendizado e o público-alvo .

 

Prompt:
Você é um criador de curso que está escrevendo um roteiro de vídeo para seu curso sobre a história da Copa do Mundo. Seu público são jovens adultos. Crie um roteiro descrevendo os principais acontecimentos da Copa do Mundo. Certifique-se de que sua resposta esteja exatamente correta.


O ChatGPT gerou um script com informações historicamente precisas (embora, como a ferramenta não é um verificador de fatos, recomendamos que você sempre verifique novamente a saída gerada quanto à precisão dos dados, para garantir que não seja uma de suas alucinações), exibindo sugestões de recursos visuais. Como dissemos que o curso é para jovens adultos, o roteiro foi lido com bastante entusiasmo.

 


Veja a resposta completa aqui

 

💡 Você notou? Como é crucial que o ChatGPT produza informações precisas, adicionamos o prompt "Certifique-se de que sua resposta esteja exatamente correta".

2.Divida os pontos-chave

Pedidos longos e complexos irão confundir o ChatGPT. A narração longa e complexa também confundirá os alunos. Para garantir que cada seção seja coerente e siga uma sequência lógica, divida o script do vídeo em partes menores, cada uma focada em um ponto. No exemplo que descrevemos acima, muita coisa aconteceu durante a história da Copa do Mundo. Portanto, continue a conversa com o ChatGPT no mesmo tópico e discuta apenas um evento em vez de repassar toda a série de eventos. Lembre-se de ser específico e orientá-lo para o que você deseja discutir.

Prompt:
Você pode detalhar como foi a primeira edição da Copa do Mundo?

O ChatGPT continuou de onde parou e discutiu o evento específico.


 

3.Defina o tom desejado

Em alguns casos, você pode não estar satisfeito com o tom de voz gerado pelo ChatGPT. No exemplo anterior, funcionou muito bem porque mencionamos que o público é jovem, e isso foi o suficiente. Mas você sabia que além das escolhas habituais (conversacional, engraçado, profissional, etc), você pode até pedir ao ChatGPT para falar como uma pessoa específica ou personagem fictício falaria? Isso deve ser divertido…

Prompt:
Você pode narrar como Galvão Bueno narraria o primeiro gol de Pelé em uma Copa do Mundo?

O ChatGPT sugeriu:


Obs: Ele bem que se esforçou, vamos dar um crédito para o chatGPT!

 

15 possibilidades do Chat GPT para a educação corporativa

https://evolluo.com/blog/chat-gpt-15-possibilidades-do-chat-gpt-para-a-educacao-corporativa/

 

4.Alimente-o com informações específicas

Seu vídeo requer informações muito específicas que não estão disponíveis publicamente. Nesse caso, você mesmo precisará fornecer as informações ao ChatGPT.

Digamos que você esteja colaborando com uma empresa farmacêutica e tenha sido encarregado de criar um curso sobre o código de conduta. Neste vídeo específico, você deseja discutir o código de vestimenta para os associados de vendas.

Prompt:Você é um associado de RH em uma empresa farmacêutica multinacional. Você está criando um vídeo descrevendo a política de código de vestimenta da empresa para seus associados de vendas. Mencione que os funcionários devem usar roupas formais em tons discretos e sapatos fechados. Som profissional e amigável.

O ChatGPT sugeriu:

 


 

 

 

5.Edite e enriqueça cada seção

Mesmo que o ChatGPT tenha feito um trabalho fenomenal, você ainda quer soar como você mesmo – ou como seu cliente – no vídeo. Portanto, você precisa revisar a saída com cuidado. Ou pode ter produzido algumas informações que você não deseja incluir .

No exemplo acima, o ChatGPT foi em frente e sugeriu que os associados de vendas poderiam se vestir de forma casual nos dias em que não tivessem reuniões voltadas para o cliente. Embora isso seja muito atencioso, pode não ser algo com o qual o empregador concorde.

 

6. Adicione alguma interatividade

Se fosse o ensino médio, as atividades interativas do curso seriam as mais populares entre as crianças. Então, como você pode tornar seu vídeo mais interativo? Adicione um questionário pop-up que o ChatGPT pode gerar para você. Nem precisa ser longo – apenas uma pergunta é suficiente para “acordar” os alunos.

 

ChatGPT ajuda muito, mas ainda é um pouco controverso

 

Quando se trata de criação, o ChatGPT é um pouco controverso. Alguns são a favor e estão compartilhando segredos de conteúdo e cursos gerados por IA, enquanto outros condenam o uso de IA porque levanta questões éticas relacionadas a direitos autorais e direitos intelectuais.

Você não precisa escolher lados - use o ChatGPT com moderação e apenas o suficiente para obter um impulso criativo, sempre verificando a precisão e editando o conteúdo para trazê-lo aos seus padrões e torná-lo natural.

Gostou das dicas? Deixe seu comentário!

Feito pela evolluo CNPJ: 13.264.9804/0001-40 | Copyright © 2024 evolluo - Todos os direitos reservados

Feito pela evolluo CNPJ: 13.264.9804/0001-40 | Copyright © 2024 evolluo - Todos os direitos reservados

Feito pela evolluo CNPJ: 13.264.9804/0001-40 | Copyright © 2024 evolluo - Todos os direitos reservados